Visita ao Hospital de Santa Cruz – CHLO

 
 
Dia 17 de maio, fizemos visita sindical ao Hospital de Santa Cruz.
 
É incompreensível como algumas instituições parecem querer prejudicar os enfermeiros, e até parecem gostar, tendo em conta as interpretações completamente arbitrárias que fazem do DL 80 B.
 
Esta é mais uma instituição, felizmente que são poucas, que não tem em consideração os contratos das instituições anteriores para contagem do tempo de funções.
 
Interpretação errada, arbitrária e despropositada do DL 80 B.
 
Neste, está bem explícito, que é para ter em conta o SNS como contratante e não cada instituição por si. Que é para contar todo o tempo que os enfermeiros exerceram funções e não o tempo na carreira, que são para ter em conta a sucessão de contratos em sucessão de empregador público.
Portanto, todos os contratos de trabalho, assinados antes dos enfermeiros terem efetivado nesta instituição, são para ser tidos em conta e atribuídos os respetivos pontos.
 
 
A necessidade permanente do Enfermeiro é um termo do PREVPAP, para CTFP e não do DL 80-B/2022 para CIT. Ficando no entanto assegurada a necessidade permanente, pelo facto de terem assinado um contrato de trabalho sem termo.
 
 É impressionante acontecer ainda, em plena digitalização da saúde, inteligência artificial e séc XXI:
 
 – Contratos COVID que ainda se mantêm precários, apesar da muita dificuldade em contratar enfermeiros.
 – Dotações inseguranças, poucos enfermeiros para muitos doentes, havendo inclusive sobrelotação. Relatos de doentes internados na sala de espera a aguardar cama.
 – Horas realizadas para além da jornada diária, por questões de sobrecarga de trabalho e os enfermeiros não poderem deixar os doentes sem tratamento e por emergências, não estão a ser somadas ao saldo devedor para pagamento.
 – Os enfermeiros não terem sempre acesso aos horários finais.
 – Não terem qualquer informação, até ao momento, sobre a avaliação SIADAP.
 – Recursos humanos da instituição não responderem aos enfermeiros quando são colocadas questões ou pedidas informações.
 
 
Após o contacto com os enfermeiros, pedimos reunião com o conselho de administração, para perceber como estão a planear resolver as situações apresentadas pelo Enfermeiros.
 
 
 
Sempre Juntos
 
 
 
Fala Connosco
1